3 ações para você colocar em prática nos primeiros 30 dias em um novo emprego

O que fazer nos primeiros dias em um novo trabalho

O cenário às vezes é o seguinte:

Você viu a vaga, se candidatou para a vaga, deu match com a vaga.

Te chamaram para uma entrevista. Da entrevista te chamaram pra outra entrevista, e dessa outra entrevista te deram um caso de estudo ou tarefa de casa para entregar.

Desse caso de estudo eles provavelmente te chamaram para mais uma entrevista, e depois dessa entrevista você recebeu uma ótima chamada e uma proposta de emprego.

Depois de negociar a proposta de emprego você aceitou a oferta. Depois de aceitar a oferta você e a empresa definiram a data de início. E depois de tudo decidido você foi comemorar o novo trabalho.

Depois de comemorar seu novo trabalho você ou cumpriu aviso prévio ou ficou em casa assistindo Netflix esperando a data de início chegar.

E aí hoje pode ser um domingo, você começa no seu novo trabalho amanhã e não faz a mínima ideia de como você deve se comportar e do que você vai fazer nesse novo emprego!

Se identificou aí desse lado da tela?

Pois é. É por isso que neste artigo você finalmente vai saber o que você pode fazer nos primeiros 30 dias ou nas primeiras semanas em um novo emprego para causar uma boa impressão no seu chefe e ter sucesso no seu novo cargo!

SIM! Esses primeiros dias são super importantes e, em vez de ficar ocioso aguardando que seus colegas te apresentem tudo, você pode demonstrar proatividade e causar uma bela impressão nos seus chefes.

Saiba por que seus primeiros dias em um novo emprego podem ser decisivos para seu sucesso em uma empresa

Sei que tem gente que não se sente nem um pouco confortável quando começa em um novo trabalho – afinal, no início não conhecemos ninguém, não sabemos onde as coisas ficam e nem sabemos como realmente é o clima dentro da companhia. 

Eu, pessoalmente, sinto o contrário. Para mim, os primeiros dias em um trabalho são a chance de você começar com a página em branco (principalmente se você não gostava do seu último emprego) e tudo o que você faz dali em diante pode definir se você vai ou não ter sucesso naquele cargo.

Isso porque, como não existe ainda uma pressão grande por resultados – já que você é uma pessoa nova no time – sobra um pouco mais de tempo para você realmente traçar uma estratégia de sucesso caso queira crescer e ser promovido dentro daquela companhia.

Outro motivo importante para você ter uma estratégia própria ao começar em qualquer novo trabalho é que nem sempre a empresa oferecerá o melhor contexto e material para você iniciar sua trajetória ali.

Embora existam muitas firmas – geralmente as de grande porte – com um grande sistema de boas vindas para novos funcionários, oferecendo palestras, treinamentos, vídeos, guias e outros materiais…

É preciso se preparar também para os casos em que a empresa somente oferece as informações e equipamentos mínimos para fazer seu trabalho, e o resto é com você!

Então, independentemente de qual for a sua situação – se sua empresa vai oferecer um treinamento inicial ou não – é muito importante que você coloque em prática as 3 ações que eu vou descrever agora!

Primeira ação para colocar em prática nos primeiros dias de emprego: Apresente-se para seus colegas

A primeira coisa que você pode fazer logo na primeira semana como novo funcionário em uma empresa é fazer com que seus colegas conheçam você. 

É comum em muitas profissões que esses dias sejam mais “livres”, e então você pode preencher a sua agenda com as primeiras reuniões com pessoas do seu time e fora dele.

Basta mandar um convite para essas pessoas fazendo uma apresentação inicial – caso isso seja feito por e-mail. Por exemplo:

Oi, fulan@!

Meu nome é [X], eu sou o novo [analista de vendas, gerente, assistente, administrador, repórter, etc.] e comecei esta semana na [nome da empresa]. Gostaria de marcar uma conversa rápida com você para a gente se conhecer e ver como podemos nos ajudar no futuro. 

Você topa fazer essa [conversa, café, reunião, videochamada] no dia [D/M]? Me avisa qual data você prefere!

Obrigada,

[Sua assinatura]

E então, quando chegar o momento dessa conversa, vocês basicamente vão se apresentar, contar como cada um chegou ali naquela empresa/ cargo e falar sobre o que você foi contratado para fazer na empresa.

Mas, você ainda deve usar essa conversa para coletar informações importantíssimas para você definir o rumo do seu trabalho naquela empresa. 

Por isso, ao falar com cada pessoa, é importante que você consiga fazer as seguintes perguntas:

1) De que forma essa pessoa tem trabalhado com a sua área ou time – pra saber se já existe um processo sendo seguido para que vocês consigam gerenciar a entrega de resultados.

2) Quais principais prioridades a pessoa tem trabalhado no momento – assim você já vai saber qual tem sido a especialidade daquele funcionário e vai saber quando você precisa falar com ele caso caso o seu trabalho dependa do dele de alguma forma.

3) Quais os principais desafios/ obstáculos a pessoa tem encontrado em trabalhar com seu time/ sua área ultimamente – assim você pode já identificar alguns possíveis problemas e conversar sobre como você poderia ajudar com eles.

Tomar essa iniciativa logo nos seus primeiros dias vai te dar um cenário muito amplo de como as pessoas e os times têm trabalhado, e de que tipos de pessoas você vai poder recorrer mais quando você tiver desafios em certas áreas. 

Além disso, ela vai causar uma ótima impressão com seus colegas – que no futuro sabem que poderão contar com você, e – de quebra – será uma excelente forma de criar novas amizades e se familiarizar com todo mundo.

E ainda…quem sabe uma dessas pessoas não pode vir a ser sua mentora? 😉

Segunda ação – Estude todos os dados possíveis sobre a empresa

Você pode usar as próprias reuniões iniciais mencionadas acima para pedir para o seu supervisor, chefe ou colegas te enviarem qualquer material que possa ser útil para você estudar sobre o funcionamento dessa nova empresa.

Esse material pode ser um relatório, um guia de boas práticas, ou alguma documentação que seja útil estudar. 

Caso não exista esse tipo de abordagem no seu trabalho, o que você pode fazer é já pedir acesso ao sistema que a companhia ou seu utiliza para administrar o trabalho, para que você comece a se familiarizar com ele.

Tente aprender o máximo sobre o funcionamento dessa empresa no início, pois é nesse tempo de pouca pressão e poucas atividades para fazer que você realmente vai conseguir se concentrar e anotar todas as informações úteis e possíveis dúvidas.

Terceira ação: Trace um plano inicial para seu cargo/ trabalho e tenha uma sessão de feedback com seu chefe

Com base em tudo o que você aprendeu, comece a listar possíveis ações que você poderia tomar para trazer melhorias ou novas oportunidades que você identificou.

E não tenha medo de esse plano não fazer sentido e nem sinta insegurança! Afinal, é claro que essa lista inicial não precisará ser perfeita e muito menos será a versão final dos projetos nos quais você vai trabalhar.

Porém, é essencial que você tenha anotadas todas essas iniciativas que gostaria de tomar baseando-se em tudo o que conheceu na empresa nas últimas semanas e que depois você fale sobre isso com seu chefe.

Dessa forma, ele poderá te oferecer um feedback, dizer se aquilo faz sentido ou não, e isso já vai te ajudar a gerenciar suas expectativas sobre o futuro do seu cargo nos próximos meses.

E além de tudo isso, tenha em mente que é muito difícil as sugestões iniciais de um novo funcionário serem descartadas deliberadamente. 

Afinal, você é uma pessoa nova que entrou no time, com a cabeça “fresca” e cheia de novas ideias, e por isso você provavelmente vai enxergar problemas ou possíveis soluções que as pessoas que estão ali há mais tempo não enxergam. 

E ora se não é também para isso que se contratam pessoas novas em equipes, não é mesmo?

Ação extra para você colocar em prática: crie laços nessa nova empresa e faça amizades com seus novos colegas

Eu ainda tenho uma dica extra: aproveite todas as oportunidades para socializar com seus novos colegas.

Isso é super importante para você começar a se sentir confortável em um novo trabalho e é uma ótima fonte de motivação.

Parece algo simples, sem muito significado, mas eu reforço muito a importância de ter amigos em qualquer emprego, pois eu mesma já vivi em uma situação em que eu não tive tantos amigos em um trabalho, e não me senti confortável e nem que podia dar 100% de mim naquele cargo.

E eu não estou sozinha quando defendo isso. Uma pesquisa feita pela Future Workplace – uma companhia de consultoria e pesquisa em RH, revelou que cerca de uma em cada 10 pessoas não tem amigos no trabalho.

Esse estudo feito em 10 países e com mais de 2 mil pessoas, alerta para o fato de que as pessoas que têm poucos ou nenhuma amizade no trabalho se sentem mais solitárias e não são tão engajadas com o que fazem. 

E ainda: quase dois terços desses funcionários afirmaram que poderiam permanecer por mais tempo na mesma empresa caso eles tivessem mais amigos. Isso fica ainda mais evidente com a geração Y (os millennials), que consideram seus gerentes e colegas de trabalho como uma “família na empresa”.

A questão é: você sempre vai achar colegas do seu time ou de outros times com quem você vai se identificar e que vão te dar suporte nos momentos difíceis.

E o mais legal disso tudo é poder prolongar essas amizades – assim você vai sempre ter uma legião de pessoas dispostas a te apoiar, e quem sabe elas ainda não podem te ajudar a encontrar um novo trabalho no futuro, caso você precise?

Tá vendo? Duplo benefício!

Vai começar em um novo emprego em breve? Testa essas ações e me conta como foi a sua experiência!

Eu espero que você consiga (ou tenha conseguido aplicar com sucesso) as ações citadas nesse artigo dentro do seu contexto e do tipo de atividade que você pratica no trabalho.

Aliás, caso você já tenha feito algumas dessas coisas, me conta aqui nos comentários como foi essa experiência e se você teria ainda mais dicas para ajudar outras pessoas que iniciam em um novo emprego!

E não esquece de me ajudar a ajudar outros profissionais por aí: compartilha o link desse artigo (ou do vídeo ali em cima), com seus colegas e amigos para ajudá-los a causar uma ótima primeira impressão em seus novos trabalhos também!

Até a próxima!