Suas tarefas do trabalho estão te sobrecarregando? Veja o que fazer

Pois é: nada novo sob o sol você ser um funcionário multifunções na sua empresa. Ainda mais agora com a crise, as chances de a sua lista de tarefas ter triplicado – e o seu salário encolhido – são grandes.

O que fazer nessas horas? 

Sei que a melhor válvula de escape no estresse do dia a dia é recorrer a amigos, parentes e colegas para reclamar e praguejar sobre o quanto você se sente explorado e deixar por isso mesmo. 

Afinal, existe o medo de ganhar rótulo de preguiçoso, de ser demitido após manifestar sua opinião, ou de outras pessoas não darem conta de te ajudar caso você traga esse problema para seu chefe.

Mas, tenha uma coisa em mente: estar cansado, e se sentir sobrecarregado não significa ser um mau empregado. 

Para além disso: você pode estar superestimando sua própria importância na sobrevivência da empresa como um todo, você não tem que dar conta de tudo. 

E embora a vontade de apenas jogar o problema para o mundo (e ainda assim continuar trabalhando loucamente), tenta colocar algumas coisas sob perspectiva, que podem te ajudar.

Por exemplo: existe a chance da pessoa que te gerencia não ter informações sobre quantas coisas você tem para fazer e da sua forma de trabalhar, levando-a a pensar que você – por já ter feito algo parecido antes – vai dar conta de tudo sempre. 

Você pode ter recebido inúmeras demandas novas, sem data específica e prioridades para cada uma, te levando a pensar que precisa trabalhar até as 22 horas para entregar tudo no dia seguinte.

E no fim, salvo casos de exceção ou te sazonalidade na sua indústria, isso nem precisaria acontecer.

Então, eu sei que é difícil, mas se você estiver sentindo que o mundo inteiro está te cobrando e não consegue lidar com todas as coisas que tem a fazer no momento, respira 10 vezes, organize todos os seus afazeres em uma lista ou arquivo de forma bem clara e tente algumas das seguintes soluções:

1. Fale com seu gestor ou gestora e apresente possíveis soluções

Você, sua chefia e a empresa são parceiros de trabalho. É do melhor interesse de todas as partes que você consiga entregar o seu melhor em cada atividade – e para isso você precisa ter motivação e estar feliz com o que faz.

Por isso, não tenha receio de marcar uma conversa para propor algumas soluções que possam melhorar o seu fluxo de trabalho. O mais produtivo é sempre tentar já vir com sugestões e mostrar o quanto elas podem ser benéficas para a empresa também.

E caso você não saiba ainda o que sugerir, tente apresentar para o seu chefe as suas pendências atuais e peça conselhos para negociar o que pode ser entregue primeiro. 

Às vezes o problema era apenas a falta de visibilidade sobre quando algo deveria ser entregue, e uma vez que você esclarece isso, vai conseguir distribuir melhor as tarefas do seu dia e entregar tudo no prazo, sem dor de cabeça.

2. Seja transparente sobre sua forma de trabalhar

Outras vezes, toda essa sobrecarga é causada pela falta de clareza – você pode ter recebido uma responsabilidade para a qual não tem os conhecimentos necessários, ou na verdade precisava apenas fazer parte da tarefa e depois delegá-la para outro setor ou colega. 

Por isso, é importantíssimo que o seu chefe conheça a sua forma de trabalhar e vice-versa.

Caso não tenha tido esse tipo de conversa ainda, você deve separar um tempo para demonstrar quanto tempo você leva para fazer cada coisa e os passos necessários para chegar naquele resultado. E, claro, expor suas limitações caso elas existam: você não precisa saber fazer tudo.

Ter essa visão mais detalhada sobre o que você faz saber vai ajudar o seu gestor ou gestora a definir melhor o que você deverá fazer em cada caso.

Um parênteses aqui: claro que seus chefes sabiam sobre suas habilidades no momento em que te contrataram, porém em um período de alta demanda é sempre bom revisitar suas responsabilidades e formas de trabalhar.

Com essas abordagens, talvez vocês cheguem à conclusão de que é preciso adiar determinadas pendências para que você tenha mais tempo de entregar um trabalho bem feito, ou outra pessoa se encarregue de outras partes da sua tarefa.

3. Peça ajuda a seus colegas

A grande maioria das empresas reforça a importância do trabalho em equipe e algumas até acrescentam isso no núcleo dos valores da companhia. Então por que nessas horas temos tanta dificuldade de colocar isso em prática?

Os colegas de trabalho também estão ali para auxiliar uns aos outros em momentos de alta cobrança, por isso você pode (e deve) alertá-los quando estiver precisando de ajuda. 

Avise seu chefe (é bom avisá-lo antes nesse caso) e distribua partes de uma grande tarefa com outras pessoas da equipe, assim a pendência será resolvida mais rapidamente.

4. Alerte o RH sobre isso

Em um caso em que essa sobrecarga é recorrente e fora do normal, peça ajuda para alguém da área de recursos humanos da empresa e exponha o problema. 

Esses profissionais não estão ali apenas para contratar pessoas, mas também para garantir que os funcionários tenham contentes e saudáveis dentro de suas posições. 

Problemas como o burnout é algo que toda companhia deve evitar, e por isso é importante buscar ajuda caso você esteja passando por uma fase difícil.

5. Procure outro trabalho

Embora seja muito delicado falar sobre coisas desse tipo – especialmente no início da carreira – é importante que você pense em colocar sua saúde mental e física em primeiro lugar.

E é compreensível também que em alguns casos isso seja resolvido apenas mudando de emprego.

Pode ser que você precise de uma nova posição em que os desafios sejam mais alinhados com o que você gosta de fazer e onde você se sinta respeitado. Faça essa mudança de forma planejada, claro!

Mas não faça isso antes de se posicionar se em seu atual emprego e deixar claro como você se sente sobre suas funções e cobranças.

Afinal, se você nunca pediu mais tempo, nem conversou sobre o assunto, muito menos pediu ajuda. Como você espera que seus colegas, chefes e o mundo reajam para te ajudar, não é mesmo?

Você já tentou alguma iniciativa para tentar resolver a sobrecarga de trabalho em seu emprego? 

Conta aqui nos comentários a sua experiência, e não esquece de usar os botões abaixo para compartilhar esse post com mais pessoas que estão passando por esse problema!

Imagem desse post por Freepik